domingo, 3 de maio de 2015

Mesmo desacreditado, Santos papa mais um Paulistão!

Aqui em casa, a família toda em festa e comemorando mais um título do Peixão. Sala repleta de uniformizados. Camisas de todos os tipos na vitória por 2 a 1, diante do Palmeiras. Nos pênaltis, 4 a 2 para o Alvinegro Praiano que, merecidamente, faturou o 21º “caneco”.

Alguém já viu algum clube pequeno chegar a sete finais consecutivas, concorrendo com outros três rivais de peso, no campeonato estadual mais disputado do país? É óbvio que jamais. Isso nunca aconteceu e nem acontecerá. 

O gigante Santos Futebol Clube, time de história, de enorme torcida e conhecido mundialmente, mostrou neste domingo, 3 de maio de 2015, porque é um dos poucos que não sabem o que é segunda divisão ao longo de seus 103 anos.

Neste Paulistão, o Alvinegro Praiano entrou muito desacreditado pela crítica esportiva devido à ausência de peças importantes no elenco. Mesmo assim, o Peixe superou todos os obstáculos dentro e fora de campo para conquistar o seu 21º título do Campeonato Paulista.

Alguém se lembra do texto que escrevi na semana passada, ocasião em que afirmei que o pênalti desperdiçado pelo atacante Dudu, do Palmeiras, seria o título do Peixe? Pois é, e foi mesmo. 

O Santos é ou não é o time da virada?






Nenhum comentário:

Postar um comentário