sexta-feira, 26 de abril de 2013

Pagodeando com o Toca na Jovem Guarda


Acertávamos os arranjos da música “Coração de Papel” - que fez tremendo sucesso na voz de Sérgio Reis -, quando Juninho Popó interrompeu o ensaio para dizer: “não era nem nascido quando essa música foi lançada”, brincou o vocalista, que fez todos nós entrarmos no clima de descontração. Afinal, a Jovem Guarda surgiu na década de 1960, época em os nossos pais ainda namoravam. Apesar de não termos vivido o movimento, conhecemos as músicas que nunca deixaram de ser sucesso. Isso, porque a todo instante um artista regrava alguma canção dos tempos da “brilhantina”, o que acaba contribuindo para o não esquecimento. No show deste sábado, às 19h, em Águas da Prata (SP), no evento “Prata em Seresta”, todo dedicado à Jovem Guarda, o Toca do Pagode irá mostrar um show com 15 canções inesquecíveis: “Diana”, “Doce-doce Amor”, “A Praça”, “O bom”, “Estúpido Cupido”, “Pare o casamento”, “Splish Splash”, entre outras. Tenho certeza que muitos da plateia irão se surpreender. Somos um grupo de pagode, mas sabemos interpretar vários estilos musicais, ao contrário do que imaginam muitos preconceituosos do estilo.  Deixando isso pra lá, eu, Decka, Márcio Gregório, Dú Corbano, Paul Jack, Juninho Popó e o músico convidado Michel Oliveira, convidamos os fãs de Roberto Carlos, Eduardo Araújo, Celly Campelo, Jerry Adriani, entre outros, para que compareçam à Estação Ferroviária de Águas da Prata para viajar com o Toca do Pagode pelos trilhos da Jovem Guarda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário