terça-feira, 3 de abril de 2012

São João da Boa Vista sobe no ranking do Programa Município Verde Azul e ocupa 30ª colocação


O Programa Município Verde Azul divulgou nesta segunda-feira (2), no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, o ranking em que São João da Boa Vista aparece na 30ª posição - 90,7 pontos no índice de Avaliação Ambiental (IAA), entre os 645 municípios paulistas atestando o seu empenho no cumprimento das ações ligadas à gestão ambiental. A cerimônia de premiação contou com o governador Geraldo Alckmin e o secretário estadual de Meio Ambiente, Bruno Covas.
O prefeito de São João da Boa Vista, Nelson Nicolau; acompanhado do diretor do departamento de Meio Ambiente, Agricultura e Abastecimento, Willian Feldberg Karp; e da interlocutora do Programa Município Verde Azul, Márcia Polletini Lopes da Silva, esteve no Palácio para o recebimento do certificado.

Dos 645 municípios que participam do Programa Município Verde Azul, 485 deles enviaram informações e foram avaliados. Deste total, apenas 158 receberam certificados por terem cumprido com as dez diretivas que regem o Programa: esgoto tratado, lixo, recuperação da mata ciliar, arborização urbana, educação ambiental, habitação sustentável, uso da água, poluição do ar, estrutura ambiental e conselho de meio ambiente. Isso significa que mais de 20% das cidades paulistas alcançaram médias acima de 80 – em uma avaliação que varia de zero a 100 – e serão reconhecidas pelo exemplo ambiental. 

A posição (30ª) ocupada por São João da Boa Vista no ranking é altamente positiva tendo em vista a classificação obtida no ano anterior, quando ocupou a 75ª posição. Segundo a secretaria de Estado do Meio Ambiente, ao todo, 410 projetos de coleta seletiva foram implantados, 109 planos de gestão de resíduos sólidos, 257 programas de educação ambiental e 280 fundos de meio ambiente foram criados.

Ainda de acordo com dados da secretaria, existem 335 municípios com centros de educação ambiental, 261 com ciclovias, 276 com planos de arborização urbana e 361 com viveiros de mudas, e 205 com parcerias ambientais com pessoas físicas e jurídicas. A parceria entre estado e municípios por meio da Operação Corta Fogo resultou, ainda, no treinamento de brigadas anti-fogo em 373 municípios. O município de Santa Fé do Sul, no extremo noroeste paulista, ficou em 1º lugar entre as cidades paulistas.
Lançado em junho de 2007, o Município Verde Azul tem como principal proposta descentralizar a agenda ambiental paulista, considerando que a base da sociedade está nos municípios. Em 2008, na divulgação do primeiro ranking, 44 municípios alcançaram nota igual ou superior a 80. Em 2009, foram 168. Já, em 2010, 144 municípios receberam a certificação. 


O certificado de Município Verde Azul garante à administração municipal a prioridade na captação de recursos junto à Secretaria de Estado do Meio Ambiente, por meio do Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição – FECOP.


No ano passado, por exemplo, a Prefeitura de São João da Boa Vista recebeu da Secretaria de Meio Ambiente, dois equipamentos (trituradores de galhos) avaliados em R$ 58 mil cada um, devido ao desempenho da cidade em 2010 garantiu ao município, prioridade na captação de recursos junto ao governo do Estado.

O ranking completo pode ser observado no site: www.ambiente.sp.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário