segunda-feira, 4 de julho de 2011

Santos Masters em São João da Boa Vista

O goleiro Marola e os dois agachados (João Paulo e Pita) da diretita para a esquerda estarão na partida

Como declarado, sou fanático por futebol, principalmente pelo Alvinegro Praiano, time por qual torço desde criança. Aliás, clube que tem trazido muitas alegrias aos santistas nos últimos anos com conquistas importantes, entre elas a Libertadores da América.

É claro que estou falando do Santos Futebol Clube. E, neste momento de euforia, nada melhor do que assistir a uma partida com jogadores que fizeram história no time de Vila Belmiro.

No sábado, dia 9 de julho, feriado da Revolução Constitucionalista de 1932, haverá um jogo amistoso entre Mikail Kabelo e Santos Masters, às 15 horas, na Sociedade Esportiva Sanjoanense, com parte da renda destinada ao Projeto Fênix.

As arquibancadas do Estádio Oscar de Andrade Nogueira deverão estar lotadas para que o público possa ver jogadores como: Marola, Pita, Pedro Paulo, Toninho Carlos, Dema, Gilberto Sorriso, Marcelo Passos, João Paulo Papinha, Aluisio, Ailton Lira, Gilberto Costa, Marcelo Fernandes, Paulinho MacLaren, Claudinho, Gaspar e Célio.

Em se tratando de curiosidade, muitos não sabem, mas dois grandes ídolos do Santos moram em São João da Boa Vista há alguns anos. São eles: Pita e Paulinho Maclaren.

O primeiro, dono da camisa 10, no final da década de 1970, fez parte da primeira geração dos “Meninos da Vila” em 1978, quando o Peixe conquistou o Paulistão daquele ano. O segundo, que vestiu a camisa 9, está marcado na história do Peixe por ter sido o artilheiro do Campeonato Brasileiro de 1991, com 15 gols anotados.

São dois personagens do jogão de sabado à tarde no estádio da Rubro Negra entre Mikail Kabelo, de Carmo e Companhia e Santos Futebol Clube Masters. A região toda está convidada a prestigiar a partida que terá o ingresso no valor de cinco reais. Mesmo sendo um jogo amistoso, o momento para a realização desta partida é bem oportuno, pois, a torcida do Santos está eufórica para desfilar com a camisa do Peixe, em especial após a conquista do tricampeonato da Libertadores. Como diz um trecho do hino, “Agora quem dá bola é o Santos...”

Nenhum comentário:

Postar um comentário