quinta-feira, 10 de março de 2011

Guerreiros da Paz conquista o 2º título da história

Presidente Messias Oliveira levanta o "caneco" pela 2º vez na história da Guerreiros da Paz

Após meses de preparação e expectativa, enfim, chegou o dia da vitória. Confetes e serpentinas tomaram conta dos membros e torcedores da Escola de Samba Guerreiros da Paz na comemoração do título do Carnaval de São João da Boa Vista na noite desta quarta-feira (9), quando ocorreu a apuração no ginásio do CIC (Centro de Integração Comunitária). Considerada a “caçulinha” entre as escolas de samba com oito anos de atividades, a Guerreiros da Paz chegou ao topo com 97,5 pontos, superando a Mocidade, Unidos da Vila com 95,0 pontos e a Sol Nascente que atingiu 94,0 pontos.


Nena Queirós, autora do samba enredo da Guerreiros da Paz

Quando a representante do Bairro Durval Nicolau entrou na Avenida Dona Gertrudes todos que acompanhavam o desfile sabiam que seria difícil o título não ficar com a Guerreiros da Paz. Quem apostou, acertou. O tema apresentado destacou o “Boi Bumbá de Parintins”, Histórias e Lendas da Amazônia. A letra é de autoria da carnavalesca Nena Queirós. A escola desfilou com cerca 300 integrantes distribuídos em dez alas e cinco carros alegóricos.
Os jurados, que vieram de Jundiaí (SP), avaliaram dez quesitos: bateria, harmonia, evolução, enredo, fantasia, alegoria, letra, melodia, comissão de frente e mestre sala e porta bandeira.
Neste ano houve apenas um dia de desfile. Devido à chuva de domingo (6), o Departamento de Cultura, em contato com as escolas, definiu que as apresentações seriam realizadas somente na terça-feira (8) para que as escolas e o público não fossem prejudicados.
A Sol Nascente foi a primeira entrar na avenida com o tema “Uma Incrível Viagem ao Mundo de Fábulas e Fantasias”, com letra de Sonia Gonçalves e melodia de Fábio Nagay e Lígia Nakamura. A Guerreiros da Paz entrou na sequência interpretando as “Histórias e Lendas da Amazônia”, com ênfase no “Boi Bumbá”, letra e melodia de Nena Queirós. Já a Mocidade, Unidos da Vila apresentou o tema “Vila Consciente, Vila Sustentável”, de autoria de Hellyson Cássio.
Além da conquista do título, a Guerreiros da Paz levará um prêmio de R$ 2.200 reais. A Mocidade, Unidos da Vila vai embolsar R$ 1.700 reais e a Sol Nascente ficará com R$ 1.200 reais.
Todas as escolas deverão prestar contas dos recursos recebidos até o dia 30 de junho.

Premiação

A Guerreiros da Paz também conquistou os prêmios de melhor mestre sala e melhor porta bandeira, melhor passista (empate com a Sol Nascente), melhor bateria (empate com a Sol Nascente e Mocidade, Unidos da Vila), melhor letra (empate com a Mocidade, Unidos da Vila e Sol Nascente) e melhor melodia. A Sol Nascente venceu nos quesitos ala das baianas e carro alegórico. Já o melhor histórico ficou com a Mocidade, Unidos da Vila.

Blocos

O Carnaval de São João também premiou os blocos que participaram do concurso. “O Turma da Batata” venceu com 29,50 pontos. O segundo lugar ficou com o bloco “Pierro e Colombina” com 28,40 pontos. A terceira posição foi ocupada pelo bloco “Ayô Luiz Gama” com 28,30 pontos.

Um comentário: