quinta-feira, 22 de julho de 2010

Cuidado com as promessas

Por que os políticos são sempre os mesmos? Prometem, prometem, mas não fazem absolutamente nada? É claro que em todos os segmentos da sociedade existem as exceções, apesar de cada vez mais raras em se tratando de honestidade na política.
Às vésperas das eleições de 2010, os candidatos a deputado estadual e federal estão percorrendo todos os lugares que podem na tentativa de convencer os eleitores. O problema é que muitas pessoas se deixam levar pelas palavras mentirosas de alguns candidatos.
Semana passada, por exemplo, durante visita do ex-governador Geraldo Alckmin (candidato ao governo de São Paulo pelo PSDB) a São João da Boa Vista, ficaram explícitos os gestos de falsidade de alguns políticos que estiveram no evento promovido pelo PSDB, “Unidos por São Paulo e pelo Brasil”. Na ocasião, prefeitos de várias cidades da região acompanharam o evento de perto, e aproveitaram para dar apoio e solicitar recursos junto ao tucano Geraldo Alckmin. Afinal, nada é de graça.
É impressionante como os discursos de quem pleiteia uma vaga, seja na esfera municipal, estadual ou federal são carregados de palavras demagogas. “Eu vou fazer isso, vou fazer aquilo”. Mesmo sabendo que não existe a possibilidade de execução de determinada obra, os candidatos seguem prometendo.
Eles falam tão bem, que fica até difícil não acreditar. Mas, o eleitor não pode se deixar seduzir por falsas promessas. É preciso pesquisar, ver o que o candidato fez no passado, se esteve envolvido em escândalos, enfim. Não basta apenas acreditar no que ele disse que vai fazer, ir à urna e apertar as teclas com os números do escolhido.
Votar com consciência é fundamental. Pois só desta forma poderemos dar uma cara nova à política brasileira. E o povo sabe disso. É hora de colocar em prática.

Nenhum comentário:

Postar um comentário