segunda-feira, 28 de junho de 2010

Copa do Mundo: Brasil para

Segunda-feira depois do almoço, hora de voltar ao trabalho, certo? Errado.
Erradíssimo, por sinal. É hora de se preparar para assistir ao jogo do Brasil pelas oitavas de final da Copa do Mundo, contra o Chile.
Não importa se é segunda, terça, quarta, quinta ou sexta. Seja qual for o horário, o país quase que para, exceto algumas profissões: motorista de ônibus, piloto de avião, enfermeiro de plantão, etc.
O fato é que a maioria se veste de verde e amarelo para vibrar e empurrar o time rumo à vitória.
Mesmo longe dos jogadores brasileiros que estão na África do Sul, vale a pena soltar o grito, soprar a “vuvuzela brasileira” e até mesmo questionar ou elogiar o técnico Dunga.
É mania de brasileiro. Os barzinhos ficam lotados. E não adianta aqueles patrões que não gostam de futebol tentar impedir os funcionários para que não vejam o jogo. Não funciona, não dá resultado. Afinal, trata-se de uma paixão popular. Em ano de Copa do Mundo é assim. E pelo jeito, sempre será. É a torcida brasileira em busca de comemorar o sexto título mundial. E todos esperam que a conquista se confirme no dia 11 de julho. Se for contra a Argentina, melhor...

Nenhum comentário:

Postar um comentário