quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Tetra à vista!

                                                               
Sem modéstia, o Modesto cravou: “seremos campeões da Libertadores”. A forte frase emitida pelo presidente do Santos Futebol Clube durante entrevista pode ter soado como arrogante para muitos, principalmente aos rivais, mas em minha modesta opinião, o Modesto Roma Júnior está coberto de razão.

Não é tarefa modesta, até porque concorrentes do próprio país estão abrindo os cofres e contratando reforços de peso. Diante do limite financeiro, a arma alvinegra é utilizar o entrosamento, com a necessidade de pequenos ajustes.

Como manteve a base do ano passado, o Peixe pode, sim, conquistar o quarto título da América, tornando-se o clube brasileiro com mais títulos da cobiçada competição internacional.

O momento de exalar otimismo é exatamente agora. Contudo, o que mais causa preocupação na nação santista é o fato de o clube apostar em contratações de jogadores bons, mas considerados veteranos. 

Um dos nomes que ventilam nos bastidores da Vila Belmiro é o do atacante Luís Fabiano, de 35 anos. É goleador e tudo mais, no entanto, acredito que a diretoria deveria dar atenção às categorias de base.  

Conforme sempre diz o locutor número 1 da Jovem Pan, Nilson César, quando narra jogos do Santos, “por aqueles lados brotam talentos”. Nunca é demais lembrar que joias como Robinho, Diego, Neymar, entre tantos outros foram garimpadas na baixada. 

Porém, neste início de ano, o Santos do seu Modesto parece querer transitar à contramão de suas tradições. A pedido do técnico Dorival Júnior, a diretoria contratou o volante Leandro Donizete, de 34 anos, por ser um atleta experiente.  

O elenco já tem Ricardo Oliveira, 35, Renato, 38, e ainda quer trazer Luís Fabiano. Os dois primeiros têm identificação com o clube, continuam atuando em alto nível e são bem aceitos pela torcida. Já o ex-tricolor, apesar de ter sido artilheiro na China, ainda é uma incógnita. Na dúvida, não o contrataria. 
     


Nenhum comentário:

Postar um comentário