sábado, 8 de junho de 2013

São João conquista 17ª Taça EPTV de Futsal



Os gols marcados por Léo, Rogério e Robson deram a São João da Boa Vista, o título da 17ª EPTV de Futsal, após vitória sobre Gavião Peixoto, por 3 a 0, neste sábado (8), em São Carlos. A partida começou às 9h, e contou com bom número de sanjoanenses nas arquibancadas do ginásio Milton Olaio Filho. Mesmo com a distância, horário e transmissão, ao vivo, os torcedores fizeram questão de acompanhar a decisão de perto. Para isso, dois ônibus foram disponibilizados com apoio da Prefeitura.
Quem também esteve no palco da decisão, foi o prefeito Vanderlei Borges de Carvalho, acompanhado da primeira-dama Solange Camargo de Carvalho. Atento ao desempenho de todas as modalidades esportivas do município, Vanderlei disse que o incentivo ao esporte continuará. “Valeu a pena. É apenas o começo da nossa vitória”, enfatizou.
Com o título, São João soma, agora, seis conquistas da Taça EPTV. A campanha deste ano, sob comando do técnico Robson Pistori (Robinho), teve 7 vitórias, um empate e nenhuma derrota.
De acordo com o diretor de Esportes, Francisco Pedro Regini (Chicão), responsável pelo planejamento do elenco e comissão técnica, feito no início do ano, a base de jogadores da cidade foi fundamental para o sucesso alcançado. “A união prevaleceu e chegamos à conquista. O Vanderlei nos deu todo apoio, bem como os departamentos de Esportes, Cultura, Saúde e Educação. Tenho certeza que o esporte de São João continuará caminhando com passos fortes”, finalizou Chicão.
O elenco sanjoanense contou com Fernando Pereira, Robson Crispim, Valdemar da Costa Júnior, Adriano Moura, Octávio Marques, Leandro Cardoso, Thiago Rodrigues, Juliano dos Santos, Ricardo Tutilo, Kalu Trafani, Fábio Luis Medina, Luis Gustavo Campos e Rogério Correia.

A comissão técnica, além do técnico Robson Pistori reuniu o auxiliar técnico, João Batista Almeida (Caxambú); o preparador físico, Eduardo Tenari; o massagista, Benedito Oliveira (Dadá); supervisor técnico, Sidnei Ramos e o dirigente, Cássio Campos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário