sábado, 8 de dezembro de 2012

Quem disse que não irei torcer pelos brasileiros no Mundial do Japão?




Secar, secar e secar. É desta forma que irão agir os santistas, palmeirenses e são-paulinos, durante a participação do Corinthians, no Mundial de Clubes, no Japão. É absolutamente normal que isso aconteça.

Como torcedor do Santos, entendo perfeitamente, o que significa isso. No ano passado, por exemplo, os rivais também torceram contra o Peixe, no jogo contra o Barcelona. As provocações e brincadeiras com a derrota do Santos por 4 a 0, diante do time espanhol, foram enormes.  

Essa conversa de que os rivais precisam torcer pelo representante brasileiro na competição, não cola e, jamais colará. Não se trata de egoísmo e muito menos inveja. Quem gosta de futebol sabe que faz parte da rivalidade.

Futebol, sem rivalidade, não é futebol.

Ou você acha que os santistas, palmeirenses ou são-paulinos vão querer ver as ruas lotadas de corintianos comemorando? Claro que não!

Por isso, o time do “coração” no Mundial, sem dúvida será o inglês, Chelsea, que por sinal, possui três brasileiros na equipe: Ramires, Oscar e Davi Luiz.

Só pra não dizer que não estou torcendo pelo Brasil...


Nenhum comentário:

Postar um comentário