segunda-feira, 30 de abril de 2012

Artilheiros do Santos em São João da Boa Vista



Nesta foto, apareço ao lado de Serginho Chulapa, que junto com João Paulo, é o maior artilheiro do Santos após a era Pelé. É bom que ele aproveite para comemorar a marca nos próximos dias porque ela está muito perto de ser batida.  Por quê?  Porque Neymar aparece colado com 102 gols marcados e com muita bola pra jogar no Santos. 
Diante do frenesi que envolve a carreira de Neymar, principalmente depois dos 102 gols marcados com a camisa do Santos, fato que o tornou momentaneamente o terceiro maior artilheiro do Peixe após Pelé  - perdendo apenas para Serginho Chulapa e João Paulo, com 104 gols cada –, aproveito para apresentar uma curiosidade que envolve São João da Boa Vista (SP).

Pode parecer cansativo escrever novamente sobre o Santos, mas não posso deixar passar em branco esses bons momentos vividos pelo alvinegro praiano. Ainda mais porque sou um sanjoanense torcedor do Santos.

Por falar em artilharia, o texto que destaco desta vez envolve dois jogadores que também estão na lista de artilheiros do time de Vila Belmiro e que hoje moram em São João da Boa Vista, conhecida como a “Cidade dos Crepúsculos Maravilhosos”.
Trata-se de Pita e Paulinho Maclaren. Eles não são sanjoanenses, mas se encantaram com a cidade e, por isso, residem na terra de Guiomar Novaes, Pagu, entre outras personalidades.

Nascido em Igaraçu do Tietê (SP), Paulinho Maclaren foi o artilheiro do Campeonato Brasileiro de 1991, com 15 gols. O camisa 9 da época é o 14º artilheiro após a era Pelé, com 55 gols marcados com a camisa do Santos.

Outro que brilhou no gramado do Estádio Urbano Caldeira é o ex-craque Pita, que nasceu em Nilópolis (RJ). Ele fez parte da primeira geração dos “meninos da vila” em 1978. Pita é o 15º jogador que mais balançou as redes adversárias com a camisa do Peixe após o “atleta do século”, com 53 gols anotados.   

E por falar em São João, Santos e Neymar, o empresário do melhor jogador da América, Vagner Ribeiro, também tem casa em São João.  

Ah, e não posso me esquecer de citar outro ex-jogador que morou em São João da Boa Vista e que também fez história no Santos: Mauro Ramos de Oliveira, o capitão da Seleção Brasileira na Copa do Chile em 1962. Consta na história do Santos que o zagueiro foi um dos que mais vestiram a camisa alvinegra.  Há de se destacar que ele não só morou em São João, como também foi revelado na cidade, apesar de ter nascido em Poços de Caldas (MG).

Notícias que envolvem o Santos e São João da Boa Vista, bem a título de curiosidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário