quarta-feira, 23 de março de 2011

Artistas definem shows para a Virada Cultural em São João da Boa Vista

Confira como serão as apresentações da Virada Cultural em São João da Boa Vista, programada para os dias 14 e 15 de maio, em diferentes pontos da cidade. Entre as principais atrações estão a cantora e compositora Maria Gadú, o cantor e compositor Lobão, além de Barbatuques, Luizinho 7 Cordas e Quinteto em Branco e Preto.

Dia 14 (sábado)

18h - Abertura Oficial com o espetáculo Encontro de Dois – Quase 9 Teatro [DANÇA]
A união entre a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) e movimentos da dança contemporânea é o mote do espetáculo Encontro de Dois, dirigido pela coreógrafa e bailarina Mariana Muniz e encenado pelo grupo Quase9 Teatro. O resultado é um espetáculo de teatro e dança que pode ser compreendido por ouvintes e não ouvintes. Local: PALCO INTERNO – THEATRO MUNICIPAL

18h30 - Dj Tuto Moraes [MÚSICA]
Precursor do movimento de levar a música brasileira para as pistas de dança desde a década de 90, Tutu Moraes é o anfitrião, produtor e DJ da "Festa do Santo Forte" em São Paulo e no Rio de Janeiro. Na pista de dança, ele monta seu divertido set, reunindo pontos de umbanda e candomblé, e pitadas de carimbó, frevo, tropicália, afoxé, marchinhas de carnaval! Resgata a música brasileira do passado, inclui as produções contemporâneas e a música independente, além das diferentes vertentes do samba. Local: PALCO EXTERNO – ESTAÇÃO FERROVIÁRIA

19h30 - Beatles 4 Ever [MÚSICA]
Um espetáculo com quase 2h de duração, onde são abordadas todas as fases da carreira dos Beatles. Apresentam cerca de 30 músicas, em ordem cronológica, com a maior fidelidade possível aos originais. Os integrantes se caracterizam com figurinos e adereços, de acordo com cada fase apresentada e utilizam instrumentos musicais de época, idênticos aos utilizados pelos Beatles. Local: PALCO EXTERNO – ESTAÇÃO FERROVIÁRIA

20h30 - Como ser uma pessoa pior [TEATRO]
A personagem vivida por Lulu Pavarin, atriz que completa 25 anos de carreira em 2010, tranca-se no apartamento e, acompanhada por uma samambaia e por uma garrafa de uísque, arquiteta doze passos para se tornar uma pessoa pior. Duração: 45 minutos. Classificação Indicativa: 14 anos. Local: PALCO INTERNO – THEATRO MUNICIPAL

20h30 - Cor de Fogo- Sextasy [INTERVENÇÃO CIRCENSE]
Dois irmãos, sempre apaixonados pela luz e calor que o fogo faz, resolvem entender sua mágica e na busca de conhecer seus segredos acabam dominando-o e dando uma cor diferente a ele. Local: EM FRENTE AO PALCO EXTERNO – ESTAÇÃO FERROVIÁRIA

21h - Os Imprevisíveis [MÚSICA]
Seguindo as tendências da chamada „reciclagem musical‟, buscaremos mostrar versões originais de canções já consagradas, com animação e enfatizando a importância da música brasileira. Aliás essa é a nossa bandeira, difundir o quão rica é nossa cultura e o quanto isso precisa ser valorizado. Local: PALCO EXTERNO – ESTAÇÃO FERROVIÁRIA

22h - Panos Dançantes- Sextasy [INTERVENÇÃO]
Em suas aventuras os artistas Rafael Fattori e Rodrigo Slash aprendem a fazer os tecidos dançarem. Eles aproveitam de seus movimentos e dos ventos para fazer os panos criarem vida. Local: EM FRENTE AO PALCO EXTERNO – ESTAÇÃO FERROVIÁRIA

22h30 - Barbatuques [MÚSICA]
Referência em percussão corporal, o grupo Barbatuques produz música orgânica utilizando o próprio corpo como instrumento musica. Melodias e diferentes ritmos musicais são criados a partir de efeitos de voz e da exploração de sons produzidos pelo corpo humano: palmas, estalos, batidas, mãos e pés em sintonia. O resultado é surpreendente. Local: PALCO INTERNO – THEATRO MUNICIPAL

22h30 - Leela [MÚSICA]
Formada por Bianca Jordão (voz, guitarra, theremin e maracas), Rodrigo Brandão (guitarra e vocais), Tchago Kochenborger (baixo e vocais) e PHD Ronzoni (bateria e percussão), a banda estourou para o grande público em 2005, quando foi considerada a grande revelação do pop rock nacional. Desde então, o grupo vem percorrendo o Brasil em inúmeras turnês, sempre com a tecnologia e a interatividade como características marcantes. Local: PALCO EXTERNO – ESTAÇÃO FERROVIÁRIA

23h30 - Brincando com Fogo- Sextasy [INTERVENÇÃO]
Um número onde os artistas misturam seus brinquedos e fazem o público entrar na roda para dançar junto. Com fogo e tecido remetem o público a uma atmosfera mágica. Local: EM FRENTE AO PALCO EXTERNO – ESTAÇÃO FERROVIÁRIA

Dia 15 (domingo)
0h - Lobão [MÚSICA]
Após dois anos excursionando pelo Brasil com o premiado “Acústico MTV”, Lobão volta às origens com a nova turnê Elétrico. Em sua casa-estúdio, o cantor trabalhou em novos arranjos para músicas que não eram tocadas há tempos. Ao lado de sua nova banda, formada por Duda Lima (baixo), Armando Junior (bateria) e André Caccia Bava (guitarra), Lobão passeia por toda sua discografia em um show visceral e empolgante Local: PALCO EXTERNO – ESTAÇÃO FERROVIÁRIA

0h30 - Tiê [MÚSICA]
A cantora Tiê, 30 anos, lançou seu primeiro disco, “Sweet Jardim”, inteiramente autoral, pela Warner Music em 2009. Neste primeiro álbum, Tiê mostra suas composições, canta e toca piano e violão, em dez faixas de autoria própria, gravadas ao vivo, ao estilo low-fi – antiga tendência resgatada por novos cantores/compositores folk do mundo todo. Local: PALCO INTERNO – THEATRO MUNICIPAL

1h30 - Dj Tuto Moraes [MÚSICA]
Local: PALCO EXTERNO – ESTAÇÃO FERROVIÁRIA

10h - O Pequeno Nicolau [CINEMA]
França, 2009. Direção: Laurent Tirard Duração: 91minutos. Classificação indicativa: livre Nicolau (Maxime Godart) leva uma vida tranquila, sendo amado por seus pais e com diversos amigos, com os quais se diverte um bocado. Um dia ele surpreende uma conversa entre os pais, a qual faz com que acredite que sua mãe está grávida. Ele logo entra em pânico, pois acredita que assim que o bebê nascer ele não mais receberá atenção e será abandonado na floresta, assim como ocorre nas histórias do pequeno Poucet, de Perrault. Local: CINEMA - CRAS CENTRO DE REFERENCIA DE ASSISTENCIA SOCIAL

10h30 - Orquestra Jazz Sinfônica de São João da Boa Vista [MÚSICA]
Criada em 2010, a Orquestra Jazz Sinfônica de São João da Boa Vista é formada por 60 músicos e tem como Maestro responsável Agenor Ribeiro Neto. É mantida com recursos da municipalidade Sanjoanense e levantados através da Lei Rouanet. Local: PRAÇA CORONEL JOAQUIM JOSÉ - FONTEATRO

11h - A menina que era triste [TEATRO INFANTIL]
O Grupo de Teatro do Colégio Integral está a 10 anos na cidade de São João da Boa Vista e agora participa da Virada Cultural Paulista com uma peça inédita: A menina que era triste. Este espetáculo conta a história de uma menina que não conseguia sorrir e duas de suas bonecas, “no caso os palhaçinhos”, tomam vida na imaginação da garota e tentam fazê-la ser feliz. O diferencial dessa peça é a interatividade do publico infantil com os atores, pois muitas vezes o expectador estará no palco sendo os próprios atores. É sensacional...!!! Local: PRAÇA BENEDITO GALLI

13h - Oras Bolas - Cia Noz de Teatro, Dança e Animação [TEATRO INFANTIL]
É um espetáculo de teatro infantil contemporâneo que envolve as técnicas de dança, música, artes plásticas e animação de objetos que se transformam em bonecos à medida que são manipulados pelos atores. No universo de bolas de todos os tipos: animadas, como figurinos, dançando, dois personagens, Menino Quadradinho e Menina Triângulo, passeiam evidenciando as diferenças e estabelecendo contatos. Duração: 50 minutos . Classificação Indicativa: à partir de 1 ano. Local: PALCO INTERNO – THEATRO MUNICIPAL

14h - Projeto Vinagrete [MÚSICA]
Nascido em 2006, o Projeto Vinagrete é a inovação da música popular brasileira e tem como objetivo resgatar o melhor dos festivais; com diferencial e transição no aspecto rítmico das canções e suas composições. Composto por quatro integrantes e com uma banda de apoio de cinco músicos, cada apresentação é um verdadeiro convite para não ficar parado. Com isso, o lema “Misturar é Preciso” não poderia ser melhor para definir sem limitações as influências desta moçada, que ao passar por diferentes gêneros dentro da mesma música toca o melhor do “Popular – Samba – Jazz”. Local: PRAÇA BENEDITO GALLI

14h - 5 à Seco [MÚSICA]
5 à Seco é o projeto paralelo dos jovens Vinicius Calderoni, Tó Brandileone, Leo Bianchini, Pedro Altério e Pedro Viáfora. O coletivo de compositores apresenta canções autorais em formato intimista, num show dinâmico e com nítida inspiração teatral. Pertencentes a uma geração que reprocessa múltiplas influências musicais, dialogam com a tradição da canção brasileira, mas agregam referências diversas. Local: PALCO EXTERNO – ESTAÇÃO FERROVIÁRIA

14h30 - O Pequeno Nicolau [CINEMA]
França, 2009. Direção: Laurent Tirard. Duração: 91minutos. Classificação indicativa: livre Nicolau (Maxime Godart) leva uma vida tranquila, sendo amado por seus pais e com diversos amigos, com os quais se diverte um bocado. Um dia ele surpreende uma conversa entre os pais, a qual faz com que acredite que sua mãe está grávida. Ele logo entra em pânico, pois acredita que assim que o bebê nascer ele não mais receberá atenção e será abandonado na floresta, assim como ocorre nas histórias do pequeno Poucet, de Perrault. Local: CINEMA - CRAS CENTRO DE REFERENCIA DE ASSISTENCIA SOCIAL

15h - O encontro de Zé Rabeca, Cochico Zabumba- Cia Burucutu [INTERVENÇÃO]
O verdadeiro duelo entre Zé da Rabeca, o mais famoso e formoso tocador de rabeca e Cochico Zabumba o mais magrelo e desajeitdo tocador de Zabumba. Local: PALCO EXTERNO – ESTAÇÃO FERROVIÁRIA

15h - Gaiola das Moscas – Grupo Peleja [TEATRO INFANTIL]
Adaptado do conto Gaiola de Moscas do escritor moçambicano Mia Couto e inspirado na brincadeira popular pernambucana do Cavalo Marinho. A encenação envolve o espectador num universo de precariedade e alegria, onde se sobrevive entre destroços e sonhos. Como "brincantes do conto", músicos e intérpretes apresentam sua própria brincadeira contemporânea e instauram o clima vivenciado nos brinquedos populares. Duração: 45 minutos . Classificação Indicativa: livre. Local: PALCO INTERNO – THEATRO MUNICIPAL

15h30 - Quinteto em Preto e Branco [MÚSICA]
Considerado pela crítica como o mais importante conjunto da nova geração do samba, o Quinteto em Branco e Preto foi formado, em 1997, por jovens músicos e cantores da periferia de São Paulo. Já dividiu o palco com diversos artistas da música brasileira e com os principais nomes do samba, como Beth Carvalho, madrinha do conjunto, e foram indicados ao Prêmio da Música Brasileira 2009 como Melhor Grupo de Samba. Local: PALCO EXTERNO – ESTAÇÃO FERROVIÁRIA

16h - Roda de Choro com Luizinho 7 cordas [MÚSICA]
Em clima de descontração e bom humor, a Roda de Choro promove o encontro do mestre Luizinho 7 Cordas com instrumentistas da nova geração como Leo Rodrigues e Alexandre Ribeiro. Um repertório de choros clássicos e muito improviso. Local: PRAÇA CORONEL JOAQUIM JOSÉ - FONTEATRO

16h - Grupo Herança Negra [MÚSICA]
Formado há mais de 10 anos na cidade, o grupo Herança Negra é sucesso garantido em todas as apresentações que faz, com seu repertório variado de sucessos de samba e pagode e algumas composições próprias. Local: PRAÇA BENEDITO GALLI

16h30 - Chikovsky, o pianista- Cia Burucutu [INTERVENÇÃO]
Um excêntrico pianista, muito grande, entreterá a platéia com sua peripécias em tocar um piano muito pequeno. Local: EM FRENTE AO PALCO EXTERNO – ESTAÇÃO FERROVIÁRIA

17h - Maria Gadú [MÚSICA]
Em apenas um ano a cantora Maria Gadú viu a música que compôs com dez anos de idade virar hit nacional, lançou seu CD de estréia, recebeu a certificação de Disco de Platina – venda superior a 100 mil cópias -, fez mais de 100 shows por todo o país, venceu o Prêmio Multishow 2010 na categoria Melhor Álbum e ainda foi indicada ao Grammy Latino 2010 em duas categorias. Na Virada, ela apresenta seu último show e canta seus grandes sucessos. Local: PALCO EXTERNO – ESTAÇÃO FERROVIÁRIA

Confira a programação completa de todas as cidades!

www.viradaculturalpaulista.sp.gov.br

Toda a programação está sujeita a alterações

Endereços e locais

Palco Externo Estação Ferroviária - Praça Rui Barbosa s/n – Centro
Theatro Municipal - Praça da Catedral, 22
Praça Benedito Galli
Fonteatro Emilio Casline - Praça Coronel Joaquim José
Centro CRAS Centro de Referencia de Assistência Social -Rua Monsenhor João Ramalho, 578 - Jardim Nova Republica

Nenhum comentário:

Postar um comentário