quarta-feira, 22 de abril de 2009

Cada jogo é um jogo

Não é de hoje que o futebol é defininido com uma "caixinha de surpresas". Por exemplo, alguém imaginaria que o Santos fosse ser eliminado da Copa do Brasil pelo CSA de Alagoas, em plena Vila Belmiro ? Pois é, se fosse jogo de loteria, poucos optariam pelo CSA, devido a força que o Santos possui dentro de casa. Como nem sempre as opiniões são iguais, a minoria apostou no time de Maceió. Quem fez isso se deu bem, afinal, a "zebra" estava solta na vila. Ainda no primeiro tempo, depois de um rápido contra-ataque, o veterano Júnior Amorim de 37 anos, conseguiu entrar sozinho na área, driblar Fábio Costa e marcar o único gol da partida. O time alagoano não somente venceu como eliminou o "Peixe" da próxima fase da competição. No primeiro jogo disputado no Estádio Rei Pelé, na capital alagoana, o duelo terminou empatado sem gols. No confronto de volta, caso o jogo terminasse em zero a zero, a partida seria decidida nos pênaltis. Qualquer outro placar igual por mais de um gol, daria a classificação ao CSA. Muito mais do que o empate, o time que está na vice lanterna do campeonato estadual, acabou vencendo o Santos. Apesar de estar na final do Paulistão contra o Corinthians, muitos torcedores vaiaram o técnico Wagner Mancini devido as substituições consideradas ruins. E às vésperas da decisão, o Santos decepcionou. A esperança da nação santista agora, é que o alvinegro vença o timão no domingo, para tentar dar um chega pra lá, no baixo astral que deve ter se instalado na vila. E quem pode garantir que o Santos não vencerá o Corinthians só porque foi derrotado por um time de expressão menor ? Cada jogo é um jogo, por isso, o futebol é encantador e considerado um "caixinha de surpresas". E que surpresas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário